12 outubro, 2007

Recomeço



A velha casa abre aqui suas portas para o recomeço.
Tudo começou diante de uma frase:



“O mundo ali tinha de ser de se recomeçar”

É de Guimarães Rosa, em “Grande Sertão: Veredas”.


Ainda não consegui terminar o livro. Muito menos compreendê-lo em sua toda magnitude.
Mas essa frase me interrompeu. De certa forma, ela rompeu também.


Recomeço. Ruptura. Regozijo.
Revisita. Releitura.


Hoje eu quero recomeçar.
Perdão àqueles que passei e não dei a chance de continuar.

Hoje eu quero consertar.
Falta coragem para mexer nas estruturas da casa antiga.


“O que ela [a vida] quer da gente é coragem”.
[Ainda Guimarães Rosa]

***

velha casa. recomeço...

parece ambígüo?
sim

contraditório?
não sei.

coerente?
talvez pra mim.


O primeiro passo para esse recomeço é abrir a porta da casa velha.

Talvez seja só a janela. Ou uma entrada sorrateira, nos fundos.

Mas já é um começo. Um recomeço.




Torço para que valha a pena.

2 comentários:

Gabriela Targueta disse...

Cada dia e um grande motivo para recomecar. Fico feliz que voce perceba isso, e mais importante, busque isso.
E quanto a valer a pena... ja valeu a pena ;)

Amo vc

Gabi

Carlos Otoni Rabelo disse...

Lindo texto...

Admiro sua coragem em abrir as portas da sua casa velha, de recomeçar.

Lindo, inspirador.