10 março, 2008

Bem



Bem,
Reconheço aqui:
Eu me sinto bem ao seu lado
Muito bem mesmo, de verdade
Me faz bem ensaiar minhas mãos

Em fazer algo que você costuma tão bem fazer

No silêncio dos meus olhos
Eu me espelho muito
Na sua disposição inata para o bem
Mesmo, confesso, não sabendo bem ao certo
A quem você consagra todo esse esforço

A bem da verdade, eu não sei direito a quem agradar
Mas sei que, ao seu lado, estou bem
Por isso, veja bem
Entenda por que eu insisto sempre
Em bem lhe devotar a minha mão

É porque você me faz bem
É em nome do amor, meu bem
Que é o nosso bem mais precioso

Como dizem por aí, no popular
“É bem bom estar na sua companhia”
Eu lhe quero muito bem
Nos quero muito bem também

Que seja bem-vindo o amor!



[A você
Dedico as flores do bem-me-quer
Que regamos naquele jardim
Plantado na interseção dos nossos corações

Obrigado pelo fim de semana]


9 comentários:

BABI SOLER disse...

Muito lindo!
Boa semana.

Marco Antonio disse...

Ah o amor... que coisa boa. Que poema bonito. Esse tal de amor é sempre muito bem-vindo.

E meu post, tem no título uma homenagem ao seu blog.

J.Machado disse...

Haha...seus versos hoje são leves e inspiradores, são novos.
Bem escritos como sempre.
Ao lê-los, suspiro...dá mais vontade de querer bem alguém.
Pois bem, um abraço bem forte!
Uma semana bem boa pra ti.
Continue bem sempre, tá bem?
PS: Olha o plágio.

Jacinta disse...

Essas palavras macias, são prá mim, Sussuro de ondas do mar nos ouvidos.
Um abraço
Jacinta

Mr. Ziggy disse...

Eita o amor que nos faz um bem danado! Lindo demais! Muito bem, Daniel! Hahahaha!
Abrazzo!

Carol Timm disse...

Daniel,

Leveza é sempre bom, faz sempre bem... Amor é sempre melhor, faz imenso bem...

Bem-me-quer?! É sempre bom, se acaba bem?! Melhor começar logo... vem!

Beijos,
Carol

PS: Gostei muito desse poema também!

Anônimo disse...

que bonito.
a pessoa já viu isso?

=)

Tiago Moreira disse...

Belo texto amigo Daniel, terno, quente, é sempre bom amar e ser amado.

Que esse sentimento se apresente intenso e inteiro para ti e tua companheira, e que possa continuar inspirando belos poemas como este aqui.

Abraços.

Bárbara Matias disse...

Que jogo de palavras!

Amei... muito muito muito lindo!
Encantador!

Como sempre seus poemas e seus textos tem uma riqueza incomparável!

Bjim.